Resultados da busca para "pastage"

Itens por página:

Qual o primeiro indício de que a pastagem está em degradação

Qual o primeiro indício de que a pastagem está em degradação

A invasão de plantas daninhas é o primeiro indício de que a pastagem está em degradação. O solo exposto também indica problemas de fertilidade na área, o que enfraquece a forrageira. Quando a forrageira está fraca, as plantas daninhas competem com ela por nutrientes até que não haja mais forrageira no local.

Confira o novo Curso Online UOV Recuperação de Pastagens - Método Direto

Confira o novo Curso Online UOV Recuperação de Pastagens - Método Direto

No Brasil, a queda da produtividade do rebanho está diretamente relacionada à degradação da pastagem. As principais causas da degradação são: a escolha de espécies inadequadas para o tipo de solo e clima da região; o plantio de uma só espécie em grandes extensões; o plantio incorreto; o manejo inadequado; além da ausência de adubações de correção e de manutenção.

O que faz um pasto degradar?

O que faz um pasto degradar?

As causas de degradação de pastagens são diversas, mas todas bem conhecidas e investigadas pela pesquisa. Inicia-se com o plantio de espécies forrageiras não adaptadas às condições edafoclimáticas (solo e clima) da região, continua com o plantio incorreto da pastagem, com o manejo incorreto da pastagem durante o seu estabelecimento e durante a sua condução;

Pastagens e campos de feno: principais sistemas de irrigação

Pastagens e campos de feno: principais sistemas de irrigação

Na maior parte das regiões pecuárias do Brasil, ocorrem períodos de seca. As gramíneas, por terem um sistema radicular situado nas porções mais superficiais do solo se ressentem muito da falta de água. Se o pecuarista trabalha engordando animais ou produzindo leite em pasto, durante a seca, pode adotar algum tipo de estratégia para contornar a situação, como reduzir a taxa de lotação, utilizando, na alimentação dos animais, forragens conservadas, ou mesmo de corte, como cana ou capineira.

Recuperação de pastagens aumenta produtividade e impede desmatamento

Recuperação de pastagens aumenta produtividade e impede desmatamento

Cada vez mais ouvimos falar em áreas preservadas ou de floresta que foram devastadas para a criação de gado. No entanto, ao contrário do que muitos imaginam, é possível potencializar a produtividade na pecuária se dedicando a um aspecto fundamental: o cuidado com o solo

Dicas para escolher a melhor forrageira

Dicas para escolher a melhor forrageira

A pecuária leiteira e a de corte são atividades que dependem muito da escolha de uma boa forrageira para que apresentem bons resultados. Determinar qual a melhor forrageira a ser implantada é um desafio que ainda preocupa muitos pecuaristas. Há várias espécies de plantas forrageiras, que possuem especificidades e que produzem resultados diferentes.

Qual é o melhor sistema de pastejo, você sabe?

Qual é o melhor sistema de pastejo, você sabe?

Um sistema de pastejo ideal é aquele que permite maximizar a produção animal sem afetar a persistência das plantas forrageiras. A escolha de um sistema de pastejo é bem mais complexa que simplesmente adotar algumas técnicas de manejo, haja vista que envolve uma série de variáveis interagentes, tais como a planta forrageira, o animal, o clima e o solo.

Pressão de pastejo e Resíduo pós-pastejo: o que são?

Pressão de pastejo e Resíduo pós-pastejo: o que são?

Pressão de pastejo é um valor relativo que busca expressar a quantidade de forragem disponível para os animais e é dada em Kg de peso vivo. Resíduo pós-pastejo, por sua vez, representa a quantidade de forragem que fica no pasto após a saída dos animais. “É importante lembrar que a pressão de pastejo e o resíduo pós-pastejo exercem um efeito marcante sobre o desempenho animal, pois deles depende o consumo total de matéria seca e a quantidade da dieta”

Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Universidade Online de Viçosa © 2006 - 2022. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130 - Bairro Ramos, Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 21.183.196/0001-77

Empresa Genuinamente Brasileira Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Ligamos para Você