Produção de cogumelos comestíveis: investimento simples, mas cultivo delicado

Nessa atividade, é preciso muito cuidado com temperatura, umidade e manuseio

Cogumelos comestíveis

Dois principais fatores estão contribuindo muito para o aumento da procura por cogumelos comestíveis no mercado. O primeiro deles é a popularização da culinária japonesa, pois, com a abertura de inúmeros restaurantes, o preço está mais acessível e as pessoas, ao experimentarem os pratos orientais, se apaixonam com o sabor peculiar dos cogumelos. O segundo fator é a crescente preocupação com uma vida mais saudável, o que favorece a procura por alimentos de qualidade. Os cogumelos possuem teores baixíssimos de açúcar e gordura e são ricos em proteínas, aminoácidos essenciais, vitaminas E, B, C e D e minerais, como cálcio, fósforo, ferro e potássio.

O mais consumido no mundo ainda é o champignon, mas a comercialização do shiitake e do shimeji está em franca expansão. O cultivo desses dois cogumelos são uma ótima oportunidade de negócio, pois são de fácil manejo e os investimento não são tão altos.

De maneira geral, o eucalipto é a madeira mais usada para o cultivo do shiitake. Segundo Augusto Ferreira da Eira e Renato Mamede Castro Montini, professores do Curso Online Cultivo de Cogumelos Shiitake da Universidade Online de Viçosa “o eucalipto é uma madeira de custo acessível e encontrada em quase todas as regiões do Brasil. No entanto, alguns cuidados devem ser tomados na escolha e preparação das toras, devido à grande variabilidade de materiais genéticos de eucaliptos disponíveis, alguns deles inadequados ao cultivo de shiitake.”. No caso do shimeji, “é possível fazer o cultivo no processo de compostagem curta e também a compostagem a vapor, que é um sistema que pode ser montado sem grandes investimentos, mas requer um controle maior de temperatura e de umidade do ar para que haja a frutificação”, explica  Eustáquio Souza Dias, professor da Universidade Federal de Lavras.

Desde que obedecidas as condições ideais de umidade e temperatura, o manejo do shiitake é muito simples, podendo até ser cultivado em casa para consumo próprio. Depois de conseguidas as toras de eucalipto, realizam-se furos de aproximadamente 20 mm de profundidade nos quais serão depositadas as sementes. Em seguida, é preciso vedar os furos com parafina ou cera para evitar contaminações e infiltração de água ou desidratação excessiva da semente. A frutificação demora alguns meses para começar, devendo-se, nesse tempo, ter mantido as toras em repouso. Com os primeiros sinais de brotação, as toras deverão ser imergidas em água muito fria por 12 a 24 horas, dependendo do clima e do estado de hidratação das mesmas. Depois, mantê-las em local coberto onde não haja ventos e muita circulação de ar e esperar a frutificação.

Por mais que toda essa etapa pareça muito fácil, ela é extremamente delicada. É preciso cuidado para não danificar as toras no momento de transportá-las ou tirá-las do tanque de imersão, pois isso pode propiciar contaminações. Também, a preocupação com a temperatura e umidade do ambiente deve ser constante, uma vez que são as condições decisivas para a brotação. Observar a luz também é importante, pois não se deve permitir a incidência de luz solar, mas, se o ambiente for muito escuro, o pedúnculo do Shiitake poderá desenvolver-se em demasia e com a coloração mais clara, o que afeta a qualidade do produto.

No geral, o cultivo dos diferentes tipos de cogumelos também pode se dar em compostos e substratos que aproveitam resíduos da agricultura, pecuária e agroindústria, tais como esterco bovino, equino, de aves, porcos e outros animais domésticos, palhas e resíduos de trigo, arroz, milho, algodão, madeira, bagaço de cana etc. Mas mesmo por esse método, os cuidados no manejo devem ser observados.

 

Conheça mais sobre o cultivo de cogumelos comestíveis com os Cursos Online da Universidade Online de Viçosa

Curso Online Cultivo do Cogumelo Champignon

Curso Online Cultivo de Cogumelo Shiitake

Curso Online Cultivo de Cogumelo Shiitake em Substratos - Cultivo Axênico e Pasteurização Severa

Curso Online Cultivo Cogumelo Shimeji e Hiratake

 

 

Fonte: Jornal Dia de Campo - diadecampo.com.br

Por Bruna Falcone Zauza

Receba Mais Informações

A UOV garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Universidade Online de Viçosa © 2006 - 2017. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130 - Bairro Ramos, Viçosa - MG / CEP: 36570-000
CNPJ: 21.183.196/0001-77 Inscrição Estadual: 002455277.00-20
(31) 3899-7000 / adm@uov.com.br

Empresa Genuinamente Brasileira Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Ligamos para Você