Etapas da confecção de uma roupa

Costurar é uma habilidade que exige muita técnica, coordenação e atenção aos detalhes, mas nem sempre nos damos conta disso.

Costureira

O setor de confecções é um dos que mais cresce no nosso país, contribuindo ativamente para a economia nacional. De acordo com Hélvio Tadeu Cury Prazeres, professor do Curso Online Como Montar e Administrar uma Confecção de Roupas, da Universidade Online de Viçosa, “uma confecção de roupas de pequeno porte pode ser um bom negócio, principalmente para pessoas que já costuram e já possuem o equipamento necessário para começar. O investimento é relativamente baixo, porém o retorno pode ser lento e o empreendedor tem que ter conhecimento e informações a respeito das tendências da moda”.

Costurar é uma habilidade que exige muita técnica, coordenação, atenção aos detalhes e, claro, bom gosto, mas, quando vemos uma peça na vitrine, nem sempre nos damos conta disso.

Conheça as etapas inerentes da confecção de uma roupa:

Desenho – é o esboço à mão de como será a roupa. A partir do desenho que se sabe o que e como se vai costurar.

Modelagem – Baseado no desenho, são feitos moldes das partes da roupa a ser confeccionada, por exemplo, da manga, colarinho, cós, perna, bolso etc. É por meio desses moldes que o corte do tecido será feito.

Corte – É a etapa na qual o tecido começa a tomar forma. Utilizando os moldes, recorta-se o pano em diferentes partes, as quais serão emendadas posteriormente.

Montagem – Cada corte obtido por meio dos diferentes moldes deverá ser costurado um no outro a fim de formar a roupa. Esse processo envolve muitas máquinas diferentes, uma para cada fim.

Prova – Momento no qual o cliente veste a roupa para que esta seja ajustada. Geralmente, um (a) costureiro (a) submete seu cliente a duas provas: a primeira, que acontece logo após a montagem e antes do acabamento; e a segunda, que é a prova definitiva, antes de entregar a encomenda, na qual a roupa apenas será ajustada ao corpo se necessário. No caso de confecções que produzem roupas em série, essas duas etapas também existem, mas a roupa produzida será a matriz, ou seja, o modelo para a fabricação das demais peças.

Acabamento – São os procedimentos finais de uma roupa, como colocação dos botões e zíper, caseamento, bainha e outros detalhes.

Piloto – Peça matriz na qual as demais se basearão em caso de produção em série.

 

Você se interessa pelo ramo de confecções, mas não sabe o que fazer para começar seu negócio? Adquira o Curso Online Como Montar e Administrar uma Confecção de Roupas da Universidade Online de Viçosa. Com ele, com certeza, você se sentirá muito mais preparado para ingressar no mercado.

 

Fonte: Costure bem - blog.costurebem.net

Por Bruna Falcone Zauza

Receba Mais Informações

A UOV garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Universidade Online de Viçosa © 2006 - 2017. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130 - Bairro Ramos, Viçosa - MG / CEP: 36570-000
CNPJ: 21.183.196/0001-77 Inscrição Estadual: 002455277.00-20
(31) 3899-7000 / adm@uov.com.br

Empresa Genuinamente Brasileira Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Ligamos para Você