Saiba mais sobre manejo alimentar de cavalos

O correto manejo alimentar proporciona cavalos eficientes e rentáveis, aptos a explorarem todo seu potencial físico

Saiba mais sobre manejo alimentar de cavalos

“O correto manejo alimentar dos cavalos proporciona animais eficientes e rentáveis, aptos a explorarem todo seu potencial físico. Algumas regras gerais devem ser criteriosamente seguidas, como fornecer os alimentos em pequenas quantidades (várias vezes ao dia), não trabalhar o equino logo após uma ração copiosa e deixar água limpa e fresca sempre disponível”, afirma Orlando Marcelo Vendramini, professor do Curso CPT a Distância e Online Alimentação de Cavalos.

Orientação do médico veterinário


O médico veterinário é o profissional ideal para orientá-lo a respeito do manejo alimentar dos cavalos, principalmente em relação à quantidade correta de ração. Na verdade, ele desenvolverá uma dieta equilibrada para a tropa, que supra todas as necessidades nutricionais dos cavalos. As recomendações desse profissional são indispensáveis ao criador de cavalos, pois são embasadas em vários fatores, como raça e idade do cavalo, fase de crescimento, atividades do animal, entre outros.

Fornecimento de água limpa e fresca


O fornecimento de água limpa e fresca é determinante para a manutenção da saúde dos cavalos. Os potros, por exemplo, apresentam 80% de água em seu corpo. Já os cavalos mais velhos, entre 50% e 60%. Sendo assim, deixar água sempre disponível à tropa é indispensável. O volume e a regularidade da troca da água dos cochos dependem da temperatura ambiente, das condições climáticas do dia, das atividades de rotina praticadas pelos equinos, entre outros aspectos de suma importância.

Quantidade certa de alimento


O excesso de alimentos pode prejudicar a saúde do cavalo. Para saber a quantidade correta a ser fornecida, primeiramente é preciso considerar o peso do animal. A recomendação é fornecer várias refeições em frações menores. Entretanto, se o equino está acostumado a se alimentar menos vezes por dia e em parcelas maiores, é preciso fazer uma adaptação para que ele aceite a nova dieta. Caso contrário, o animal pode apresentar fortes dores no abdômen. Isso também pode ocorrer devido à má qualidade da ração.

Manejo alimentar de éguas gestantes e potros


O manejo alimentar de éguas gestantes e potros deve merecer atenção especial. As éguas prenhas devem receber uma dieta rica em vitaminas e minerais, em porções maiores, durante os 11 meses de gestação. O médico veterinário poderá orientá-lo a respeito. Já os potros devem ser amamentados com colostro, nos primeiros meses de vida, para receber os anticorpos necessários ao fortalecimento do seu sistema imunológico. Após o desmame, sua dieta deve ser complementada com outros tipos de alimento, mas de forma gradual. 

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:

Conheça os Cursos CPT a Distância e Online da Área Criação de Cavalos.

Leia o artigo "Cavalos - como alimentá-los corretamente".

Fonte: blog.rodeowest.com.br

Por Andréa Oliveira.

Sugestão de Curso

Deixe seu comentário!

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Receba Mais Informações

Se preferir, clique aqui e mande-nos um WhatsApp.
A UOV garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Universidade Online de Viçosa © 2006 - 2019. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130 - Bairro Ramos, Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 21.183.196/0001-77

Empresa Genuinamente Brasileira Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Ligamos para Você