Colheita de coco deve ser feita de acordo com o destino dado ao fruto

Conheça mais sobre a colheita de coco e os diferentes procedimentos nos casos dos frutos serem recolhidos para a retirada de água, produção de mudas ou industrialização

A colheita deve ser feita cuidadosamente para não danificar os frutos

O coco brasileiro é conhecido mundialmente e se tornou uma referência tropical do nosso país no exterior. Com boa produtividade durante o ano todo, mesmo apresentando variações de estação para estação, o cultivo do fruto é uma opção rentável para o produtor que conhecer bem as etapas de desenvolvimento e a hora certa de realizar a colheita.

Em um coqueiro do tipo anão, uma média de 14 a 16 cachos são retirados da planta em um ano. Quando essa produção se destina a obtenção de água de coco, o tempo ideal de colheita é de 6 a 8 meses, mas o fator que mais determina nesse caso é a posição em que o cacho se encontra.

“Os frutos dos cachos posicionados nas folhas 18,19 e 20 apresentam o ponto ideal de colheita para o consumo de água. Esta variação da posição acontece principalmente devido ao número de frutos por cacho”, ressalta o especialista e consultor em cocoicultura, Luiz Mirisola.

Já quando os cocos são destinados à industrialização, sendo comercializados secos e in natura, é recomendado que sejam colhidos com 11 ou 12 meses. Esse período também é aplicável em casos de utilização da semente para produção de mudas.

Vale lembrar que o intervalo entre as colheitas deve ser de aproximadamente 25 meses, ou seja, o tempo necessário para nascer uma nova folha e, consequentemente, novo cacho. Em regiões onde as condições climáticas não são ideais, o intervalo entre as colheitas deve ser maior, sobretudo nas épocas mais frias.

A colheita deve ser feita com a retirada dos cachos utilizando um facão. Nas plantas baixas, os frutos podem ser recolhidos do chão; já nas mais altas será necessário o uso de uma escada, que pode ser de alumínio. Além disso, É preciso tomar bastante cuidado para que os cocos não caiam no chão na hora da colheita. A queda poderia provocar lesões nos frutos, afetando a qualidade final.

Outro detalhe importante da colheita é revelado por Mirisola, que também é professor do curso de Cultivo de Coco Anão da UOV – “Na parte superior da escada deverá existir uma tira de borracha bem resistente, para que ao ser apoiada nos coqueiros não cause lesões aos estipes dos mesmos”.

Após completar a maturação, os cocos se desprendem dos cachos sozinhos. Apesar da retirada dos frutos já caídos ao chão ser mais econômica, a colheita trimestral é muito comum. Nesse momento, o produtor procura concentrar esforços para retirar o maior número possível de frutos, potencializando os lucros e reduzindo os roubos.

Por: Lorena Tolomelli

Cursos Relacionados


Notice: Undefined variable: produto in /data/www/sites/www.uov.com.br/module/Catalogo/view/partials/produto/lista-produtos/vertical.phtml on line 7

Notice: Trying to get property of non-object in /data/www/sites/www.uov.com.br/module/Catalogo/view/partials/produto/lista-produtos/vertical.phtml on line 7

Deixe seu comentário!

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Comentários

José Maria do Nascimento

11 de set de 2019

Sou vendedor de água de coco e agricultor. Também possuo curso de técnico em agroecologia.

Resposta do Portal Cursos UOV

12 de set de 2019

Olá José Maria do Nascimento,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Que bom que você gostou do nosso artigo. Desejamos sucesso em suas atividades.

Atenciosamente,
Victor Sampaio

Carlos Manso de Oliveira

21 de mai de 2019

Quero cultivar pelo menos 100 pés de coco. A minha terra ela tem um cascalho fino será que dá certo?

Resposta do Portal Cursos UOV

23 de mai de 2019

Olá Carlos Manso de Oliveira,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Apesar do terreno apresentar muito cascalho fino, isso não impede o cultivo do coqueiro. Para obter sucesso com a atividade, será necessário contratar um engenheiro agrônomo, para que ele faça um projeto de plantio, com o intuito de que você consiga obter os melhores resultados possíveis.

Atenciosamente,
Victor Sampaio

Lorena de Moraes Manique

20 de abr de 2019

Gostei muito do artigo de Lorena Tolomelli sobre coco verde anão. Texto de fácil compreensão para pessoas como eu, que não são desta área técnica. Estou interessada em aprender sobre o cultivo do coco verde anão, pois pretendo investir no plantio do mesmo.

Resposta do Portal Cursos UOV

23 de abr de 2019

Olá Lorena de Moraes Manique,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Ficamos felizes em saber que você gostou da matéria e que se interessou pela área de plantio de coco.

Nossa empresa possui diversos cursos técnicos sobre o assunto, que serão fundamentais para que você obtenha sucesso com o cultivo de coqueiro anão.

Em breve, uma das nossas consultoras entrará em contato com informações e esclarecimentos sobre os cursos.

Atenciosamente,
Victor Sampaio

Djair de Jesus Miguel

7 de abr de 2019

Meu comentário quero saber o tempo certo pra colher coco seco pra culinária obrigado.

Resposta do Portal Cursos UOV

8 de abr de 2019

Olá Djair,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site. Quando os cocos são destinados à industrialização, sendo comercializados secos e in natura, é recomendado que sejam colhidos com 11 ou 12 meses.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

synesio t filho

11 de mar de 2019

como identifico um coqueiro de 11 anos se é Anão

Resposta do Portal Cursos UOV

12 de mar de 2019

Olá, Synesio!

Agradecemos a visita e comentário em nosso site. Para maiores informações, sugerimos que procure um especialista na área.

Atenciosamente,

Lorena Tolomelli

claudiane martins

24 de out de 2018

Muito bom o conteúdo. .Adorei

Resposta do Portal Cursos UOV

24 de out de 2018

Olá Claudiane,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Receba Mais Informações

Se preferir, clique aqui e mande-nos um WhatsApp.
A UOV garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Universidade Online de Viçosa © 2006 - 2019. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130 - Bairro Ramos, Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 21.183.196/0001-77

Empresa Genuinamente Brasileira Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Ligamos para Você