Depilação: riscos e cuidados

Independente do método depilatório, esse procedimento sempre causa danos à pele, fato que exige extremo cuidado para evitar infecções e outros problemas

Depilação

A depilação é o procedimento estético de extração dos pelos corporais a qual, nos dias de hoje, é executada tanto pelo público feminino quanto masculino. Pode ser feita utilizando diferentes materiais, como cera quente ou fria, lâminas descartáveis, depiladores elétricos, tecnologia a laser ou fotodepilação e muitos outros.

Independente do método depilatório, esse procedimento sempre causa danos à pele, fato que exige extremo cuidado para evitar infecções e outros problemas. Manter a pele sempre muito bem hidratada e esfoliá-la dois ou três dias antes da extração dos pelos, além de, é claro, zelar pela higienização eficiente da região do corpo no momento da depilação são medidas fundamental para prevenir complicações. Sobre esta última, Mitsue Mary Ávila Watanabe, professora do Curso Online Depilação Feminina e Masculina, explica que “é muito importante passar um antisséptico em forma de loção para higienizar a área a ser depilada. Assim, a chance de algum microrganismo causar algum problema na pele recém-depilada é muito menor, já que essa higienização vai diminuir muito a população desses microrganismos no local”.

Em casos de depilação com cera, certifique-se de que o produto é descartável. Jamais reutilize as ceras já usadas e que foram descartadas. Com as lâminas, por sua vez, cuide de aplicar espuma ou hidratante antes de deslizá-las sobre a pele, de modo a diminuir o atrito, trocá-las frequentemente e só utilizá-las enquanto há corte. O sentido ideal da raspagem é a direção a favor dos pelos. Também não aplique produtos após a depilação que não sejam específicos para isso.

Infecções causadas pela má execução da depilação

  1. Foliculite

É uma inflamação da raiz do fio, a qual geralmente se manifesta sob a forma de bolinhas vermelhas na pele. Para o tratamento, são utilizados sabonete antisséptico e antibiótico tópico.

  1. Erisipela

É uma infecção mais grave que a primeira, de modo que atinge a derme, isto é, a segunda camada da pele. O tratamento requer antibióticos via oral e acompanhamento profissional.

  1. Celulite

Afeta a derme inteira até atingir a gordura cutânea. Provoca dor, inchaço e febre, exigindo, assim, medicamentos e acompanhamento como tratamento.

  1. Infecção generalizada

O tipo mais grave de infecção que pode levar à morte.

 

Adquira o Curso Online Depilação Feminina e Masculina da Universidade Online de Viçosa da área Estética e Beleza e obtenha mais informações!

 

Fonte: Uol - estilo.uol.com.br

Por Bruna Falcone Zauza

Receba Mais Informações

A UOV garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Universidade Online de Viçosa © 2006 - 2017. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130 - Bairro Ramos, Viçosa - MG / CEP: 36570-000
CNPJ: 21.183.196/0001-77 Inscrição Estadual: 002455277.00-20
(31) 3899-7000 / adm@uov.com.br

Empresa Genuinamente Brasileira Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Ligamos para Você