Problemas no cultivo da goiaba

Não é só o famoso bicho-da-goiaba o único problema da goiabeira

Goiaba

Frutas são alimentos de fácil comercialização, o que torna sua produção uma ótima fonte de renda, seja complementar ou principal. Todo espaço da propriedade pode ser aproveitado, sem lançar mão, é claro, dos devidos cuidados que se deve ter em atender às exigências nutricionais e irrigatórias das espécies frutíferas. 

“As espécies frutíferas que podem ser cultivadas variam em função das condições climáticas, do tipo de solo, da disponibilidade de água, da localização e do objetivo da atividade.”, declara Dalmo Lopes de Siqueira, professor do Curso Online de Produção Comercial de Frutas em Pequenas Áreas, da Universidade Online de Viçosa.

A goiaba, fruto da goiabeira, é conhecida pelo seu sabor e por não ter muito açúcar nem gordura, sendo ideal para qualquer tipo de dieta. Porém, muitos produtores enfrentam alguns problemas que são comuns e recorrentes. Selecionamos os principais:

- Pragas e frutos bichados
O famoso bicho da goiaba nada mais é que uma larva, que pode ser oriunda de vários insetos. Os insetos depositam seus ovos na fruta e as larvas perfuram e se desenvolvem no seu interior. Como medida de prevenção, é indicado o processo de ensacamento da fruta, que consiste, basicamente em colocá-la em um saco para evitar a postura de ovos dessas pragas. Quando as frutas atingirem entre 2 a 3 cm de diâmetro, deve-se enrolá-las em saquinhos de papel-manteiga parafinado branco, amarrando a ponta e fazendo um pequeno rasgo na parte inferior para evitar o excesso de umidade dentro dele. Para outras pragas, como os pulgões, a calda de fumo é eficiente. O óleo de nim pode ser usado para combater insetos mastigadores de folhas, mas é preciso usá-lo com cuidado para não queimar as folhas, se a planta estiver num local onde haja muita exposição ao sol.

- Galhos enferrujados
A ferrugem-da-goiabeira, como é conhecida popularmente, é resultado de uma infecção por fungo. Para amenizar, recomenda-se retirar as brotações vegetativas e o excesso de flores, garantindo um maior arejamento da planta e maior incidência dos raios solares, condição desfavorável aos fungos. Pode-se usar também produtos químicos, mas devem ser indicados e dosados por um técnico agrícola, respeitando a legislação vigente.

- Polpa preta
Nesse caso, existem diversos fatores que podem contribuir para a deterioração da fruta. Por exemplo, como dito anteriormente, as larvas perfuram a goiaba e se desenvolvem no seu interior. Por fora, a fruta está praticamente intacta. Mas, por dentro, pode ser que a larva tenha se desenvolvido quando a fruta ainda era pequena. Esse desenvolvimento precoce pode ter facilitado a ação de microrganismos infecciosos e a consequente putrefação interna. Em situações como essa, faz-se necessário levar alguns exemplares a um profissional agrícola para avaliação e indicação de um tratamento que seja mais eficaz.

- Folhas furadas e besouros amarelos
Os furos nas folhas de goiabeira são causados possivelmente pelos besouros amarelos. São mais notados, geralmente, no fim da primavera, após as fortes chuvas que propiciam maior umidade no solo e o sue completo ciclo biológico. Um método de controle é manter sempre o solo vegetado, que dificultará a reprodução do besouro e ainda facilitará o desenvolvimento de inimigos naturais dele. A decisão pelo uso de inseticidas deve ser cautelosa e devem ser indicados por um técnico agrícola, pois alguns requerem um correto manuseio e podem ser nocivos ao homem.


Confira nossos Cursos Online na Área de Fruticultura:
Produção Comercial de Frutas em Pequenas Áreas
Produção de Maracujá
Produção de Manga



Fonte: Globo Rural – www.revistagloborural.globo.com

 

por Renato Rodrigues

Receba Mais Informações

A UOV garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Universidade Online de Viçosa © 2006 - 2017. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130 - Bairro Ramos, Viçosa - MG / CEP: 36570-000
CNPJ: 21.183.196/0001-77 Inscrição Estadual: 002455277.00-20
(31) 3899-7000 / adm@uov.com.br

Empresa Genuinamente Brasileira Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Ligamos para Você