Confira o novo Curso Online UOV Plantio Direto

No plantio direto, por não existir preparo do solo, a cobertura de matéria orgânica passa a contribuir na agregação do solo e na melhoria da sua estrutura

Confira o novo Curso Online UOV Plantio Direto

“No plantio direto, por não existir preparo do solo, a cobertura de matéria orgânica passa a contribuir na agregação do solo e na melhoria da sua estrutura. Já no plantio convencional, a incorporação de calcário no solo por meio de grades e escarificadores promove a correção do solo em apenas parte da camada arável”, afirma Afonso Peche Filho, professor do Curso Online UOV Plantio Direto.

No plantio direto, embora a incorporação do calcário no solo não seja uniforme, a presença da cobertura de matéria orgânica na superfície e a reativação dos processos biológicos no solo são, de fato, compensativas.

Além disso, as técnicas adotadas nesse sistema trazem uma série de vantagens, a saber:

->Com o uso da matéria seca, a erosão e a lixiviação do solo são reduzidas;
->Como não se utiliza ferramentas de manejo, não há agressão ao solo;
->Conserva a adubação e a fertilidade do solo por mais tempo;
->Facilita a infiltração da água no solo;
->Impede a evaporação da água do solo, que permanece úmido por mais tempo;
->Inibe o surgimento de plantas invasoras;
->Favorece a fixação de nutrientes pelas plantas;
->Reduz a velocidade de decomposição da matéria orgânica;
->Melhora o desenvolvimento da fauna e microfauna do solo (minhocas e larvas);
->Melhora as condições de temperatura no cultivo;
->Ajuda no controle de nutrientes do solo.

O plantio direto e a fertilidade do solo

A acidez, o índice de nutrientes, o teor de matéria orgânica, o armazenamento de água, a difusão de calor e a permeabilidade à água determinam a fertilidade do solo. Quando são utilizados implementos agrícolas, a estrutura do solo é comprometida, o que reduz significativamente os agregados presentes nele, além de diminuir sua estabilidade. Ou seja, são aspectos desfavoráveis ao desenvolvimento do cultivo.

A ação dos arados no solo causa encrostamento na camada superficial, o que reduz a infiltração de água e promove o aumento de enxurradas. Consequentemente, as plantas apresentam dificuldade de germinação e o solo começa a erodir. Com isso, a área de cultivo é afetada, o que traz grandes prejuízos ao produtor rural. Como o plantio direto não utiliza ferramentas agrícolas, isso não acontece.

Pensando nisso, a Universidade Online de Viçosa – UOV, elaborou o Curso Plantio Direto, no qual o aluno tem acesso a todas as informações sobre requisitos para implantar o sistema e uso de cobertura morta, além de conhecer os tipos de plantio direto e como essa prática se dá em pequenas propriedades.

Conheça os Cursos Online UOV da Área Mecanização Agrícola.

Fonte: cpt.com.br

Por Andréa Oliveira.

 

Deixe seu comentário!

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Receba Mais Informações

A UOV garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Universidade Online de Viçosa © 2006 - 2018. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130 - Bairro Ramos, Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 21.183.196/0001-77

Empresa Genuinamente Brasileira Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Ligamos para Você