Os perigos da farinha de trigo refinada

A farinha de trigo refinada pode prejudicar especialmente os diabéticos

Massa de pão feita com farinha branca

Aquele cheiro de pão fresco ou aquele bolo confeitado são sempre um atrativo em qualquer padaria ou loja de doces. Junto às massas, esses produtos possuem, em sua composição, grande quantidade de farinha branca refinada, que pode ser extremamente prejudicial para quem a consome, especialmente os diabéticos.

Durante o processo de refinamento, a farinha perde muitos compostos benéficos, como metade dos ácidos graxos não saturados e praticamente toda a vitamina E. Na remoção do germe de trigo, a parte fibrosa também é removida. Com isso, o alimento se torna mais digestível, o que aumenta a taxa de glicose e é prejudicial a qualquer metabolismo e aos diabéticos.

Na fabricação, após remover o farelo e o germe de trigo, o que sobra é uma farinha razoavelmente natural e branca. Porém, como ela ainda apresenta resíduos da fibra, a indústria insiste em removê-los por completo. Depois, é realizado um processo de branqueamento no qual, em vez de usar o cloro, se usa um produto semelhante. Ao final desse processo, temos a formação de uma substância química chamada aloxana.

Essa substância química cuja composição é C4H2O4N2, é resultado da decomposição do ácido úrico e um subproduto do cloro gasoso, usado como agente branqueador da farinha de trigo. Esse gás possui elevado poder oxidante e pode se tornar letal, caso seja inalado.

Fica fácil perceber que a aloxana é tóxica para todos os tipos de animais, inclusive o homem. Ela destrói as células beta do pâncreas, que são as responsáveis pela produção de insulina. Seu potencial é tão elevado que ela é muito usada em laboratórios, para induzir ratos artificialmente a terem diabetes e, consequentemente, poderem estudar sobre a doença.

Antigamente o processo de fabricação da farinha era demorado e feito nos moinhos. Hoje, com a necessidade de produção em massa, utiliza-se altas temperaturas e rolos de aço de alta velocidade para acelerar o processo. Como resultado temos uma farinha branca que é quase puro amido, que perdeu boa quantidade de valor nutricional por conta dos métodos agressivos de processamento.




Conheça nossos Cursos Online da Área Padaria:

Curso Online Básico de Panificação
Curso Online Profissional de Panificação
Curso Online Profissional Avançado de Panificação



Fonte: MTspace – mtspace.me


por Renato Rodrigues

Deixe seu comentário!

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Receba Mais Informações

A UOV garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Universidade Online de Viçosa © 2006 - 2018. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130 - Bairro Ramos, Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 21.183.196/0001-77

Empresa Genuinamente Brasileira Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Ligamos para Você