Pastejo rotacionado: tamanho dos piquetes

Quando um projeto de pastejo rotacionado vai ser implantado desde o início, com a formação de piquetes, é comum a dúvida sobre a forma e tamanho dos piquetes

Pastejo rotacionado: tamanho dos piquetes   Artigos Cursos UOV

 

Quando um projeto de pastejo rotacionado vai ser implantado desde o início, com a formação de piquetes, é comum a dúvida sobre a forma e tamanho dos piquetes. Na literatura, a recomendação mais encontrada é de que a forma deve ser a mais quadrada possível ou retangular, sendo que o comprimento não deve ultrapassar em três vezes a medida da largura. “Os dados indicam que pastos ou piquetes com estas formas são pastejados mais uniformemente”, afirma Adilson de Paula Aguiar, graduado em Zootecnia pela Faculdade de Agronomia e Zootecnia de Uberaba - FAZU. Especialização em Solos e Meio Ambiente pela Escola Superior de Agricultura de Lavras - ESAL. Especialização em Metodologia do Ensino Superior pela Associação Brasileira de Ensino Agrícola Superior - ABEAS.

Piquetes em forma de pizza ou leque


As formas em pizza ou em leque, chegando nas áreas onde ficam os bebedouros e os saleiros (áreas de lazer ou de descanso) devem ser evitadas, pois há uma tendência de ocorrer pastejo desuniforme, com superpastejo próximo as essas áreas. Atualmente, muitos projetos de pecuária estão sendo desenvolvidos com o uso de irrigação com pivô central e ainda não se tem uma forma de divisão dos piquetes que não seja em pizza, com todos os piquetes chegando a uma área de lazer no centro, onde fica o pivô.

Áreas de lazer ou áreas de descanso


No passado, vários autores citaram que as produções adicionais obtidas com pastejo rotacionado, normalmente, não justificavam as despesas extras com implantação de cercas, instalações de água e sombra (MARASCHIN, 1986); (BARRETO, 1976). Uma maneira de economizar com a implantação de fontes de água e saleiros é a construção de “áreas de lazer” ou “área de descanso”, que são comuns a todos os pastos ou piquetes de um módulo (unidade de manejo formada por vários pastos ou piquetes, manejada com um ou dois grupos de animais) através de um corredor, ou na divisão de quatro pastos. Nessas áreas, os animais encontram a fonte de água, os saleiros e sombra, onde podem descansar e ruminar.

Na implantação dessa áreas, consideramos uma área de pelo menos 5 m2/UA e 3 cm lineares de área de chegada/UA e 4 cm para vacas paridas, nos saleiros. Essa recomendação de área de chegada ao saleiro é encontrada na literatura, embora tenhamos observado a campo que essa referência perde a importância em situações onde se coloca sal seco e fresco todos os dias nos saleiros, onde a fonte de água está próxima do saleiro e onde as áreas de lazer são bem posicionadas. Quando se adota pastejo rotacionado passa a ser possível colocar o sal praticamente todos os dias, pois o número de pastos para ser olhado diminui.

Divisões dos piquetes


As divisões dos pastos ou piquetes devem ser feitas com cercas elétricas, pois o custo de implantação tem sido quatro vezes mais baixo, quando comparado com o custo para a implantação de cercas convencionais. O custo ainda pode ser mais baixo, aproveitando-se o arame e as lascas de cercas convencionais já existentes na propriedade, pois estes são os materiais mais caros. O menor investimento em cercas elétricas por hectare é conseguido em divisões de grandes áreas, devido à menor necessidade de isoladores de canto (tipo castanha), esticadores, colchetes, lascas ou postes, entre outros, e pela diluição dos custos desses materiais e do eletrificador em um maior número de hectares.

A vida útil da cerca elétrica é estimada em 8 anos, mas acredita-se que pode ser muito maior do que as cercas convencionais, pois nas cercas elétricas os animais não se encostam para se coçarem ou tentam ultrapassá-las por respeitarem o choque.

Quer saber mais sobre o Curso CPT? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Outras matérias da área


- Qual é o melhor sistema de pastejo, você sabe?
- Pastagens e campos de feno: principais sistemas de irrigação
- O que faz um pasto degradar?

Conheça os Cursos Online da UOV, da área Pastagens e Alimentação animal.
Por Silvana Teixeira.

Cursos Relacionados


Notice: Undefined variable: produto in /data/www/sites/www.uov.com.br/module/Catalogo/view/partials/produto/lista-produtos/vertical.phtml on line 7

Notice: Trying to get property of non-object in /data/www/sites/www.uov.com.br/module/Catalogo/view/partials/produto/lista-produtos/vertical.phtml on line 7

Notice: Undefined variable: produto in /data/www/sites/www.uov.com.br/module/Catalogo/view/partials/produto/lista-produtos/vertical.phtml on line 7

Notice: Trying to get property of non-object in /data/www/sites/www.uov.com.br/module/Catalogo/view/partials/produto/lista-produtos/vertical.phtml on line 7

Notice: Undefined variable: produto in /data/www/sites/www.uov.com.br/module/Catalogo/view/partials/produto/lista-produtos/vertical.phtml on line 7

Notice: Trying to get property of non-object in /data/www/sites/www.uov.com.br/module/Catalogo/view/partials/produto/lista-produtos/vertical.phtml on line 7

Deixe seu comentário!

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Receba Mais Informações

Se preferir, clique aqui e mande-nos um WhatsApp.
A UOV garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Universidade Online de Viçosa © 2006 - 2019. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130 - Bairro Ramos, Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 21.183.196/0001-77

Empresa Genuinamente Brasileira Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Ligamos para Você