Dicas para empreender no ramo de congelados

A busca pela praticidade no dia a dia tem aumentado, no mercado, a procura por receitas que já vêm prontas

Alimentos congelados

Com a correria da vida moderna, as pessoas têm optado por refeições mais e práticas, seja frequentando diariamente restaurantes, lanchonetes ou, ainda, estocando em casa alguns alimentos semiprontos rápidos e saborosos. Nesse contexto, desponta como um negócio muito promissor a venda de congelados, empreendimento que pode ser iniciado com pequenos investimentos iniciais e ir crescendo à medida que for ganhando espaço no mercado.

O negócio pode ser ainda mais lucrativo quando se explora opções além da clássica venda de pratos congelados, portanto, definir um mix de produtos que agrade tanto quem deseja apenas aquecer as refeições quanto quem deseja ganhar tempo no preparo é fundamental. Desse modo, é possível alcançar uma parcela maior de consumidores e, consequentemente, aumentar a sua clientela e lucratividade.

Muitas pessoas começam esse empreendimento na própria casa, mas, caso não tenha disponível um espaço bem grande, a capacidade de produção e expansão do negócio será limitada. Por isso, mesmo que as instalações necessárias não sejam muito complexas, é preciso planejar o local de trabalho de acordo com a proposta de investimento. Além disso, Denise Andrade Khoury, coordenadora técnica do Curso Online Como Montar uma Pequena Fábrica de Alimentos Congelados, alerta que “é necessário uma área separada para a elaboração dos congelados, separando-se a área de produção em nichos para que não ocorra a contaminação cruzada.”

Sobre o local do empreendimento, é preciso, ainda, atentar-se para o quesito comercialização, pois, trabalhando em casa, não é possível estabelecer um ponto de vendas estratégico, abrindo espaço apenas para a comercialização sob encomenda. Deve-se dar preferência para um espaço onde é possível instalar a linha de produção e o ponto de venda, de modo a criar uma empresa sólida e com chances concretas de crescimento a médio e longo prazo.

Basicamente, uma pequena fábrica de alimentos congelados necessita, inicialmente, dos seguintes equipamentos:

- Um freezer para acondicionar os produtos já preparados

- Uma câmara fria para acondicionar alimentos em preparo

- Um fogão industrial para a cocção dos pratos

- Uma mesa de trabalho para montagem dos produtos

- Uma máquina embaladora

- Ingredientes para o preparo dos congelados

- Embalagens

 

Lembre-se sempre que oferecer produtos diferenciados é um dos pontos-chave para se destacar no mercado e desbancar a concorrência. Com isso em vista, no segmento de comidas congeladas, uma boa estratégia é criar cardápios alternativos focados em um público específico, como:

- Pessoas que preferem cardápios light

- Um cardápio vegetariano ou vegano

- Pessoas que não podem consumir glúten

- Pessoas com reação a lactose

- Cardápio de comidas congeladas com produtos orgânicos

Expandindo a atuação para mercados não tão atendidos pelos concorrentes, é possível obter vantagens e se consolidar mais facilmente no mercado.

 

Conheça os Cursos Online da Universidade Online de Viçosa da área de Pequenas Indústrias

Curso Online Como Montar uma Pequena Fábrica de Alimentos Congelados

Curso Online Higienização na Indústria de Alimentos

 

Fonte: Mulheres Empreendedoras - mulheresempreendedoras.net.br

Por Bruna Falcone Zauza

Receba Mais Informações

A UOV garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Universidade Online de Viçosa © 2006 - 2017. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130 - Bairro Ramos, Viçosa - MG / CEP: 36570-000
CNPJ: 21.183.196/0001-77 Inscrição Estadual: 002455277.00-20
(31) 3899-7000 / adm@uov.com.br

Empresa Genuinamente Brasileira Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Ligamos para Você