Cães: o que fazer em caso de emergência?

Algumas medidas podem ser tomadas como primeiros socorros, mas é preciso buscar ajuda de um veterinário

Cão doente

Cada vez mais, cresce o número de cães nos lares das famílias brasileiras. De acordo com a Abinpet – Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação –, o cão é o animal doméstico preferido pelas pessoas, com uma boa vantagem em relação ao segundo colocado.

Quando algum cão se machuca ou sofre algum acidente, é preciso prestar os primeiros socorros, para que ele consiga resistir até ser examinado por um veterinário. Os primeiros socorros são algumas ações que o próprio dono pode executar antes de que o animal receba uma assistência devida.

A professora Alessandra Sayegh, do Curso Online UOV Primeiros Socorros para Cães e Gatos - Parada Respiratória e Cardíaca, Desmaios, Estado de Choque e Convulsões, ressalta a importância dos primeiros socorros, orientando que todos esses procedimentos devem ser feitos a modo de primeiro socorro ao animal e nenhum deles elimina a necessidade de levar seu cãozinho a um médico veterinário para que possa tratá-lo e medicá-lo.

Caso seu cão necessite de primeiros socorros, preste e leve-o ao veterinário o mais rápido possível:


- Ferimentos e cortes profundos

Podem ser causados por brigas, cacos de vidro, cercas de arame farpado e outros objetos cortantes. Tente pressionar o local para estancar o sangramento. Limpe bem o local com soro fisiológico e faça um curativo comum até levá-lo ao veterinário, que receitará uma pomada antibiótica, a fim de evitar a infecção do ferimento.

- Picadas de cobras

Nesse caso, as orientações são só do que não se deve fazer, pois é recomendado levar o animal ao veterinário o mais rápido possível. Não faça torniquete, pois altas concentrações de toxinas no local da picada podem causar gangrena e perda do membro. Não coloque remédios caseiros, como terra, ervas e fumo, pois isso pode irritar ainda mais o local da picada. Não corte o local para “extrair” o veneno, pois, alguns venenos provocam hemorragia e você pode acelerar o processo com o corte.

- Na hora do parto

É preciso atenção dobrada com as fêmeas prenhas, apesar de a maioria das cadelas conseguir parir seus filhotes sem dificuldade alguma. É preciso estar atento a alguns sinais, como sintomas de parto por um tempo muito prolongado sem expulsão dos fetos, gestação por tempo superior a 62 dias ou eclampsia, que ocorre no final da prenhez. É necessário levar a fêmea ao veterinário nos três casos, o que mudará será a forma de tratamento.

- Ataque epilético

O animal pode sofrer um ataque esporádico ou ter histórico de epilepsia. É importante observar o animal e evitar que ele se machuque. Caso o ataque tenha uma duração muito longa, transporte o animal até o veterinário em uma maca feita com toalha ou cobertor. Ao contrário do que se pensa, não é necessário puxar a língua do animal, a menos que ele esteja mordendo e ferindo-a.

- Intoxicação

Ao levar seu animal para passear, é possível que ele coma ou lamba algo tóxico. Os sintomas podem ser variados. Em nenhum caso você deve oferecer água, leite ou qualquer líquido para o animal ingerir após um episódio de intoxicação ou envenenamento. Caso o animal esteja com o estômago vazio, o período de diluição de algumas substancias fatais poderá ser lento, o que garante tempo para poder levar o animal ao veterinário. Quando há um estímulo através de algum líquido, esse período pode ser bem curto, o que pode levar o animal a óbito mais rapidamente. Convulsões são muito comuns em animais intoxicados gravemente. Não se desespere. Durante o ataque, apenas assegure que o animal não se machuque. Em todos esses casos, leve-o imediatamente ao veterinário.

Conheça nossos Cursos Online da Área PET:


Primeiros Socorros para Cães e Gatos - Parada Respiratória e Cardíaca, Desmaios, Estado de Choque e Convulsões
Primeiros Socorros para Cães e Gatos - Principais Acidentes
Banho e Tosa em Cães e Gatos - Infraestrutura, Banhos e Tosa Higiênica

Fonte: Aprenda Fácil Editora – Guia de Primeiros Socorros para Cães
por Renato Rodrigues

Deixe seu comentário!

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Receba Mais Informações

A UOV garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Universidade Online de Viçosa © 2006 - 2018. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130 - Bairro Ramos, Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 21.183.196/0001-77

Empresa Genuinamente Brasileira Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Ligamos para Você