Artigos sobre a área Piscicultura

Por que criar surubim? Porque vale muito a pena!

Por que criar surubim? Simples: existem vários tipos de peixes que podem ser cultivados fora dos rios, entre estes, o surubim, cujas características permitem que seu cultivo seja feito de forma confinada ou solta.

Andam roubando seus peixes? Saiba o que fazer!

A piscicultura é uma atividade que desperta a subtração (roubo) dos peixes, tanto por pessoas como por animais invasores. No caso particular do surubim, que é um peixe de custo relativamente alto, ciclo longo, dependendo da quantidade subtraída haverá implicações com sérios prejuízos financeiros para o piscicultor.

Vai criar rãs? Aprenda a escolher os reprodutores

Cada reprodutor deve estar numerado ou identificado por código de marcação (corte de dedos e ou artelho), sendo assim será possível saber qual animal deve (ou pode) acasalar-se com quem, para evitar os problemas de consanguinidade. Com os reprodutores numerados, o ranicultor também poderá saber quem ainda não reproduziu, e assim por diante.

Manejo da alimentação: o segredo do sucesso das pisciculturas

A alimentação é a etapa principal da criação de peixes em pisciculturas. Neste sentido, no alimento que esses animais recebem devem estar contidos todos os nutrientes necessários para um desenvolvimento saudável e expressivo, de acordo com o tamanho e o estágio de desenvolvimento em que os peixes se encontram.

Vai produzir alevinos? Dica: atenção especial à qualidade da água!

Os peixes de água doce, apesar de serem mais tolerantes a variações ambientais que os peixes exclusivamente marinhos, procuram ambientes aquáticos onde encontram maior conforto, em águas mais ou menos quentes, com pH mais adequado ao seu metabolismo e em diferentes concentrações de sais.

Por que investir na produção de alevinos?

Atualmente, em qualquer parte do mundo, existe uma grande demanda por peixes, ao passo que, nos rios, cada dia que passa, eles ficam mais escassos devido a exploração dos recursos naturais. Essa desigualdade, por sua vez, vem gerando uma forma alternativa de produzir peixes sem agredir o meio ambiente. Trata-se da criação em piscicultura, instalada em propriedades rurais, chamada de alevinagem.

Alimentação de peixes criados em cativeiro

Nos últimos anos a produção de peixes tem crescido significativamente, ultrapassando a barreira das 650 mil toneladas de peixes produzidas durante o ano. Essa grande produção movimenta mais de 4 bilhões de reais no país e é responsável por uma infinidade de empregos diretos e indiretos.

Alevinos: criação e manejo

Na piscicultura, a produção de alevinos assume papel de destaque para a criação de peixes. Muitos criadores preferem não trabalhar com essa etapa, adquirindo somente peixes adultos e trabalhando com o processo de engorda. Porém, investir na produção de alevinos pode ser uma ótima escolha, dado que, nessa fase, o investimento é menor.

Como investir em piscicultura e obter lucro?

Trabalhar com a criação e produção de peixes em escala comercial tem sido a aposta de muitos para obter renda e superar de vez a crise financeira. Tal aposta pode render bons lucros, caso seja pensada, planejada e executada com atenção e cuidado.

Confira boas práticas de manejo para aquicultura

Ao lidar com a produção de organismos aquáticos, como peixes, é importante estar atento às boas práticas de manejo para a aquicultura, ou BPM. Elas determinam medidas simples e eficazes para otimizar o funcionamento do viveiro e garantir uma produção correta e lucrativa, além de ajudar ao meio ambiente, evitando e prevenindo impactos ambientais.

Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Universidade Online de Viçosa © 2006 - 2018. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130 - Bairro Ramos, Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 21.183.196/0001-77

Empresa Genuinamente Brasileira Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Ligamos para Você