Observação, memorização e descrição: qualidades essenciais em porteiros!

Aspecto muito importante a ser assimilado pelos porteiros em exercício ou aqueles que pretendem ingressar nessa profissão são as técnicas de Observação, Memorização e Descrição

Treinamento de porteiro: observação, memorização e descrição   Artigos Cursos UOV

 

Aspecto muito importante a ser assimilado pelos porteiros em exercício ou aqueles que pretendem ingressar nessa profissão são as técnicas de Observação, Memorização e Descrição. “E a sequência é exatamente esta. Primeiro temos de observar, corretamente, depois memorizar o que observamos e, finalmente, descrever com exatidão o que memorizamos”, afirma Plácido Soares, Advogado, Consultor de Segurança e Pesquisador Criminal e membro do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais e desenvolve estudos e pesquisas sobre Violência, Criminalidade e Segurança Pública.

Muitas vezes, observamos determinadas pessoas ou mesmo convivemos com elas e depois temos dificuldades em descrevê-las corretamente. Isso se dá em razão de, geralmente, vermos o todo e não os detalhes.

As técnicas de observação, memorização e descrição também são complexas e exigem longos períodos de estudo, treinamento e condicionamento. No entanto, acreditamos ser plenamente possível a uma pessoa comum saber como descrever alguém, com precisão, para a polícia, caso isso seja necessário. Para isso, deverá adotar um procedimento técnico, quando sua atenção for atraída para algum suspeito. O primeiro passo é “dividir” a pessoa em partes.

Em cada uma dessas partes, deve-se observar o seguinte:


a) Cabeça: grande, pequena, careca, cor dos cabelos, cabelos longos, curtos, tipo de penteado, cor dos olhos, cicatrizes, óculos, timbre de voz, sotaque (sulista, nordestino, estrangeiro etc.), vícios de linguagem (gagueira, repetição sistemática de frases ou palavras etc.), nariz, boca e orelhas.
b) Tronco: gordo, magro, musculoso, com ou sem barriga, tipo de roupa, cordões ou colares.
c) Braços: grossos, finos, musculosos, relógios, pulseiras, detalhes das mãos, ferimentos, dedos amputados, tiques nervosos, alianças, e acessórios.
d) Pernas e Pés: pernas longas, curtas, defeito físico, mancando, pés grandes ou pequenos, tipo e detalhes do calçado.

Num primeiro momento, pode parecer difícil guardar todos esses detalhes, principalmente se considerarmos que a observação da pessoa deve ser discreta. No entanto, com a realização de alguns exercícios se perceberá que isso é mais fácil do que se imagina.

O ideal é que as pessoas façam treinamentos constantes, procurando observar colegas de trabalho, da própria empresa, e depois transcrever a descrição para o papel. Feita a descrição, basta fazer uma comparação para ver qual o grau de acerto de cada. Com a intensificação dos exercícios, a tarefa se tornará mais fácil a cada dia.

Reconhecer e descrever suspeitos é de fundamental importância nas atividades de portaria.

 

Quer saber mais sobre o assunto? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos Online UOV, da área Treinamento Profissional.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário!

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

Receba Mais Informações

Se preferir, clique aqui e mande-nos um WhatsApp.
A UOV garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Fique por dentro das novidades! (Artigos, notícias, dicas, promoções e muito mais)

Universidade Online de Viçosa © 2006 - 2019. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130 - Bairro Ramos, Viçosa - MG / CEP: 36570-254
CNPJ: 21.183.196/0001-77

Empresa Genuinamente Brasileira Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Ligamos para Você