Frango orgânico é opção para produtor familiar

Cada vez mais crescente no país, o mercado orgânico atinge também a avicultura. A prática leva em consideração o bem estar animal e a alimentação com base em alimentos orgânicos e certificados. Além disso, os animais são criados com acesso a pastagens, o que faz com que a carne seja mais consistente, além de diferenciada em sabor. Apesar do maior custo de produção, o frango orgânico tem sido bastante procurado e garante preço de mercado superior ao do frango convencional, uma boa opção para produtores familiares.

Segundo João Pedro Zabaleta, pesquisador da Embrapa Clima Temperado, a avicultura orgânica procura minimizar o uso de agroquímicos, além de levar em consideração também o bem estar animal.

— A prática se preocupa muito com a questão do bem estar animal com relação ao tamanho do lote e à questão do confinamento, procurando criar um ambiente mais próximo do natural. Com isso, se obtém um produto diferenciado — afirma o pesquisador.

No sistema convencional, as aves são criadas sem acesso a pastagens e utilizam alimentação à base de milho e soja, sem a necessidade de serem orgânicos. Na avicultura orgânica, os produtos devem ter origem orgânica e devem ser certificados.

—O manejo orgânico procura oferecer melhores condições aos animais de forma a minimizar o estresse. Com isso, existe uma menor necessidade de medicamentos. O frango convencional é um produto de boa qualidade, mas existe uma crescente demanda do mercado por produtos diferenciados. É aí que entra esse tipo de criação — explica Zabaleta.

Para os animais, existe a questão do benefício do manejo, já que o manejo é diferenciado, como conta o pesquisador. Já para o consumidor, a vantagem é a melhor qualidade sensorial do produto, ou seja, uma gema mais amarelada e com maior teor de carotenóides. Ainda de acordo com ele, esse sistema estimula o desenvolvimento da agricultura familiar em várias localidades do país. Isso gera renda e desenvolvimento local.

— No momento em que oferecemos melhores condições de bem estar aos animais e os estimulamos a caminhar e pastar, geramos um maior gasto de energia. Com isso, parte da energia não será convertida diretamente em músculo e peso, ou seja, o frango terá menor ganho de peso. Só que a consistência da carne será diferente. Assim, teremos uma carne mais firme com sabor diferenciado. Essa é uma carne muito procurada por pessoas da área de gastronomia que costumam preparar pratos especiais — conta.

Por exigir um manejo mais intensivo, Zabaleta afirma que o custo de produção da avicultura orgânica é maior. No entanto, isso é repassado ao consumidor que paga mais por esse produto.

— Pelas experiências que temos na região, os avicultores costumam vender o frango orgânico por um preço que varia entre R$7 e R$12 por quilo. Esse mercado é crescente, de volume muito grande e existe uma grande procura internacional por esse tipo de produto. A avicultura brasileira tem uma boa possibilidade de produzir esse frango orgânico e transformar isso em uma fonte de renda interessante para a avicultura familiar — conclui ele.

 

Autora: Kamila Pitombeira

Fonte: www.diadecampo.com.br

Receba Mais Informações

A UOV garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Universidade Online de Viçosa © 2006 - 2017. Todos os direitos reservados
Rua Dr. João Alfredo, 130 - Bairro Ramos, Viçosa - MG / CEP: 36570-000
CNPJ: 21.183.196/0001-77 Inscrição Estadual: 002455277.00-20
(31) 3899-7000 / adm@uov.com.br

Empresa Genuinamente Brasileira Empresa Genuinamente Brasileira
Atendimento Online
Ligamos para Você